O Choro na prática da Higiene Natural

September 30, 2017

“-Percebo quando meu filho quer fazer cocô, porém se coloco na posição ele chora!”
"-Meu bebê chora quando posiciono para a higiene natural!"

 

Acontece por aí também?!

Com certeza!

Então, vamos falar sobre o choro no posicionamento:

 

 

 


Bem...
Vamos por partes porque tem muito pano pra essa manga!
O choro no momento do posicionamento pode indicar inúmeros fatores e vou elencar alguns:

- O bebê pode:
** estar desconfortável na posição; 
** estar assustado com o cocozin que está vindo; 
** estar tenso e isso dificulta o relaxamento do períneo;
** ter outras necessidades associadas (fome ou sono);
** não querer fazer nada;
** não querer fazer daquele jeito ou naquele momento;
** se sentir inseguro como se fosse cair (geralmente debate as mãos);
** ter sido interrompido no ato da evacuação para ser posicionado;
** sentindo a tensão do cuidador que posiciona;
** estar sinalizando que quer ficar ou sair (pra sair debate as pernas);.

** ter xixi pra fazer, simplesmente.

*** Entre muitos outros fatores***

Estou deixando essa lista com asteriscos porque não posso enumerar ou ordenar nem tampouco encerrá-la. Sequer poderia chamar de lista, troquemos por exemplos. E, nestes casos, o objetivo deve ser como sempre na Higiene Natural, estar como coadjuvante apenas proporcionando o atendimento das necessidades do bebê. Ouvindo-o. Tentando decifrar seus sinais. Obviamente que não conhecemos o choro do nosso recém-nascido ou as razões do choro de um bebê maiorzinho que está sendo colocado diante de uma nova situação. Na HN não cabe a culpa ou a cobrança, aos poucos, internalizando e conhecendo melhor a técnica através da leitura e da prática bem como o nosso bebê e a nossa adaptação, vamos ajustando a maneira de segurar ou o lugar e vamos antecipando para não interromper a evacuação no ato, decifrando o choro, segurando de forma mais firme e ao mesmo tempo suave, relaxando, respirando tranquilamente e proporcionando essa tranquilidade ao bebê, conversando, explicando o que se trata, compreendendo, enfim.

O choro pode dizer: 
“-Socoroooo mamãe me tira daqui, estou caindo!” (ajuste a posição ou saia);
“-Ai ai que negócio é esse que está vindo aqui na minha bundinha!” (converse, cante);
“-Mamãe cadê você que não te vejo?” (ficar na frente do espelho ajuda);
“-Estou com frio!” (jogar uma mantinha por cima do bebê e mantê-lo aquecido);
“-Está me apertando!” (soltar mais as mãos, relaxar);
“-Minhas pernas estão doendo, solte um pouco! 
“-Mamãe pelo amor de Deus me faz dormir e não cagar!” (sair da posição e atender outras necessidades);
“-Estou emocionado que você entendeu e me posicionou mamãe!” (se for um chorinho tranquilo);
“-Quero mamar junto porque minha barriguinha dói!” (posicionar amamentando - vide posições);
Eticétera, eticétera, eticétera.
Pode ser realmente por qualquer razão. 

É por isso que desistir no primeiro momento não gerará resultados ao mesmo tempo em que insistir naquela situação também não. Temos que ligar a anteninha do instinto. Não podemos jamais deixar o bebê chorar, em situação nenhuma e nunca forçar o posicionamento. Porém, por exemplo, o xixi noturno muitas vezes vem acompanhado de um chorinho que é somente seu. Um tipo de “-hum, hum, hum, hé, hé, hé, hum, hum” (em tom de desconforto) e quando já posicionado vem um “buááááááááá” (em seguida shiiiiiiiiii) fim. O choro de RN na posição, às vezes pode ser somente um pedido de socorro pra tirar aquele negócio explosivo que está prestes a sair. O choro de um bebê de 04 meses posicionado pode ser só tipo “-Se ligue, quero dormir e não xixi!”... O choro de um bebê de 06 meses pode ser medo do cocô que ganhou consistência e se for um bebê de 20 meses poder ser “-Não me subestime eu vou avisar quando quiser fazer”... De qualquer modo, saberemos, cedendo. Mudando sempre. Pois, se nós nos colocamos como coadjuvantes, apenas atenderemos ao bebê e o choro é o primeiro indício de que ele precisa de algo naquele momento. E, como eu venho dizendo há tempos, uma das causas do desmame precoce é porque o bebê mal chora e todos entendem como fome, ou fralda suja ou sono: “-Ah, mas se não é sono nem fralda suja esse bebê tá com fome porque ele acabou de mamar e seu leite não está sustentando!” É o que dizem, "-Seu leite é fraco!".
Mas, todos esquecem que o choro pode ser por muuuuuitas outras razões, desde uma etiqueta beliscando, um odor ruim ou a simples vontade de fazer xixi (no caso o bebê justamente não quer estar com a fralda), a luz que estava incomodando, a canseira de estar na rua ou em casa, qualquer coisa. 
Um dos motivos do choro é a própria vontade de fazer xixi que, conforme já falei em outras postagens, está relacionada à atuação do hormônio ADH na corrente sanguínea que por sua vez atua na dilatação dos vasos sanguíneos, ocasionando uma leve elevação da pressão e do fluxo sanguíneo o que desencadeia um micro estresse.
Quando há conflitos de necessidades fisiológicas também há choro. Não pensem que estar no penico o está forçando, sabem porque? Ele estaria assim também com fralda, provavelmente ainda mais estressado por ter que urinar em si mesmo. A boa notícia? 90% dos choros "sem sentido" ou de "cólica" ou de "refluxo" ou de "estresse" ou de "birra" são resolvidos com a HN.
Por isso tudo isso que foi exposto é importante que nos coloquemos como observadores e como atendentes de retaguarda. Muitas vezes o bebê só chora porque foi interrompido, recebo mensagens de mães dizendo que percebem quando o filho vai fazer cocô, mas quando o colocam na posição ele chora. Muitas vezes isso acontece porque esse “perceber” é um sinal tardio como a forcinha e interromper um processo fisiológico como o cocô não é a melhor saída. Imagine você prestes a fazer cocô e alguém desesperadamente te mexe, tira a roupa, posiciona. Já era! Travou!
Então HN é também empatia!!


Então, bebê chorou, você para o que está fazendo pois é importante atender primeiro o choro, até porque ele não relaxaria os esfíncteres diante da tensão, então você segue na retaguarda, prestes a auxiliar. Talvez uma massagem, talvez outra posição!
A questão é, seguir, sempre!
Adiante!
Respeitando e ouvindo o seu bebê!

Não tem outro jeito de aprender e entender a higiene natural que não seja lendo!
Aproveitem o e-book com preço bacaninha:
www.bebesemfraldabrasil.com/e-book

 

 

#bebesemfralda #eliminationcommunication #higienenatural #EC #HN #hnporfernandapaz #higienenaturalinfantil  #infantpottytreining

#bebesemfralda #eliminationcommunication#higienenatural #EC #HN #hnporfernandapaz#higienenaturalinfantil #infantpottytreining

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O bebê não avisa sempre que precisa fazer xixi. Entenda...

March 3, 2018

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags